15 de nov de 2018

CCN-MA realiza a 39ª Semana da Consciência Negra

Centro de Cultura Negra do Maranhão (CCN-MA)
39° Semana da consciência Negra:de 14 a 22/11/2018.
Tema: CCN 40 ANOS DE LUTA PELA DEMOCRACIA RACIAL.
CCN Tem como missão: Conscientização polícia e cultura para resgatar a identidade étnica cultural e auto-estima do povo negro, viabilizando ações que contribuam com a organização! De promoção de cidadania, combatendo toda forma de intolerância causada pelo racismo e promovendo os direitos da população negra do Maranhão.


14 de nov de 2018

Escola de Samba Marambaia faz festança de aniversário

Feriadão com festança de aniversário da escola de samba Campeã do carnaval de 2018 de São Luís-MA. Além da tradicional feijoada, a programação está recheada de atrações. A partir das 13h00, na sede da escola, no Bairro de Fátima.

12 de nov de 2018

Wanderley Andrade - Conquista


"O meu amor virou brinquedo pra ti
Põe na minha boca o mel
Logo em seguida o fel
Depois vem de mansinho querendo agradar
Falando palavras bonitas pra me conquistar
Só não aceito esse seu jeito de querer me Amar" (Conquista-Wanderley Andrade)

6 de nov de 2018

Quinta 08/11/18 tem Célia Sampaio no Quinta do Reggae

Célia Sampaio, a Dama do Reggae, estará no palco do projeto Quinta do Reggae, nesta quinta-feira (08/11/18), na Praia Grande (Centro Histórico de São Luís-MA/ Patrimônio da Humanidade)

2 de out de 2018

Estrelas de outubro – Selma Reis

Tecendo a Manhã – João Cabral de Melo Neto

Ilustração: "Galo"- Aldemir Martins (reprodução:internet)



Tecendo a Manhã – João Cabral de Melo Neto

1
Um galo sozinho não tece uma manhã:
ele precisará sempre de outros galos.
De um que apanhe esse grito que ele
e o lance a outro; de um outro galo
que apanhe o grito de um galo antes
e o lance a outro; e de outros galos
que com muitos outros galos se cruzem
os fios de sol de seus gritos de galo,
para que a manhã, desde uma teia tênue,
se vá tecendo, entre todos os galos.

2
E se encorpando em tela, entre todos,
se erguendo tenda, onde entrem todos,
se entretendendo para todos, no toldo
(a manhã) que plana livre de armação.
A manhã, toldo de um tecido tão aéreo
que, tecido, se eleva por si: luz balão.

(A Educação pela Pedra)
Fonte:http://www.jornaldepoesia.jor.br/joao02.html

27 de set de 2018

17 de set de 2018

Exposição “Folhas do Tempo” da artista plástica Telma Lopes

Exposição “Folhas do Tempo”
Durante a infância é comum as crianças brincarem com folhas, inventando formas por meio de colagens e desenhos. Alicerçada nessa memória afetiva e recriando desenhos do artista francês Jean-Baptiste Debret de trabalhadores negros em situação de escravidão no período colonial brasileiro.



Agenda:
Exposição “Folhas do Tempo” da artista plástica Telma Lopes
Abertura: 18 de setembro/18 das 9h30 às 10h30
Período de Visitação: 18/09 a 19/10/ 2018
Horário: das 9h às 17h (exceto sábado, domingos e feriados)
Local: Galeria de Arte do Sesc Centro.
Plano de Visitas Mediadas – (98) 3216 3830

14 de set de 2018

Português incorreto reprova 46% dos jovens em processos seletivos

Segundo pesquisa, português incorreto reprova 46% dos jovens em processos seletivos
Muitos candidatos a vagas de estágio e aprendizagem perdem as oportunidades por lunos de conta de deslizes na língua portuguesa. Nas etapas de seleção, exames ortográficos e redações são os principais testes e servem para filtrar os melhores participantes. A fim de avaliar esse cenário, o Nube – Núcleo Brasileiro de Estágios realizou pesquisa com mais de oito mil concorrentes. Um ditado, com 30 palavras do cotidiano, como “exceção”, “textura”, “artificial”, “autorizar”, “licença” e “desperdício”, foi aplicado. Quem cometesse mais de sete erros era eliminado. O desempenho ficou aquém do esperado.
Quase a metade dos 8.239 avaliados, durante todo o ano de 2017, não obteve sucesso. Foram 3.811 (46,3%) reprovados e 4.428 (53,7%) aprovados. Na visão da recrutadora Nardejane Silva, o dado é chamativo, pois a correta ortografia é imprescindível para qualquer profissão. “Uma falha gramatical em um e-maildirecionado a um cliente, por exemplo, pode comprometer a imagem do remetente e, consequentemente, da empresa. Por esse motivo, o português é um critério tão importante”, explica.
A taxa mais alta de desclassificação foi dos estudantes de 16 a 24 anos, com 46%. Já entre os adultos de 25 a 30, o percentual foi de 21%. O resultado pode ser devido ao pouco preparo dos menos experientes. “Há questões como falta de atenção e nervosismo, as quais, muitas vezes, predominam em um processo seletivo. Logo, devem ser trabalhadas desde cedo”, recomenda a especialista.
No diagnóstico por níveis, os alunos do ensino médio se destacaram com 70,7% de sucesso. Entretanto, o destaque negativo foi dos universitários: houve 49,6% de reprovação no superior. Muitas vezes, a pessoa se forma sem ter aulas de gramática ou redação. “Na faculdade, é priorizado o estudo de conteúdos mais específicos da carreira”, afirma Nardejane.
Na segmentação por áreas, a notoriedade foi para as Ciências Humanas e Sociais, com 85,3% de êxito. Em seguida, ficaram as Engenharias, tendo 80,7% de acadêmicos bem-sucedidos na avaliação. Contudo, no campo das Artes e Design, o desempenho ficou abaixo das expectativas: 59,5% não passaram. Os discentes de Comunicação também deixaram a desejar, com 53,9% de desqualificados.
Os cursos com mais aprovação foram Direito (94,12%), Engenharia Química (93,10%), Farmácia (87,32%), Química (80%) e Engenharia Mecânica (79,17%). Por outro lado, o índice de reprovação no ensino superior preocupa nos campos de Gestão Comercial (68,33%), Eventos (68,18%), Marketing (66,61%), Design (62,50%) e Publicidade e Propaganda (59,49%).
Ao fazer o recorte entre os matriculados em insituições de ensino particulares e públicas, 49,6% dos pagantes foram barrados na primeira etapa. Teve melhor desempenho quem estuda nas universidades federais, estaduais ou municipais. O índice de insucesso foi de 31,8%. “A ausência de leitura e treino da escrita são as principais razões dos erros cometidos. Quando se lê com pouca periodicidade, o vocabulário tende a ser menos qualificado”, ressalta Nardejane.
Esse bom hábito deve ser desenvolvido também em outros ambientes. “É essencial ser autodidata e buscar essa competência além do imposto em sala de aula. Pode-se começar com livros, textos e artigos de assuntos do seu interesse e expandir para os mais diversos temas, e assim evoluir seu repertório de palavras”, indica a selecionadora.
Em tempos nos quais o desemprego é tão alto entre os jovens, chegando a 26,6%, é relevante não escorregar nesse quesito. Há mais candidatos em relação ao número de vagas. Porém, muitas não são preenchidas pela baixa qualificação ortográfica. “Em uma seleção com 20 pessoas, após o teste ortográfico, há grandes chances de ninguém ser aprovado”, finaliza Nardejane.
Fonte:https://canaldoensino.com.br/blog/segundo-pesquisa-portugues-incorreto-reprova-46-dos-jovens-em-processos-seletivos

23 de ago de 2018

Salve, Aldo Leite!

#LembrandoPraNãoEsquecer
Aldo Leite *23/08/1941-Penalva/MA +05/11/2016-São Luís/MA
este Lio Ribeiro com Aldo Leite em frente a placa comemorativa dos 30 anos de estreia da peça "Tempo de Espera" fixada no hall de entrada do Teatro Praia Grande, em São Luís-MA

Aldo Leite era ator, diretor, dramaturgo e professor da UFMA. Atuou como ator e diretor em diversos espetáculos, inclusive fora do país. Sua peça mais famosa foi ‘Tempo de Espera’ com a qual venceu o prêmio Molière – o mais prestigiado prêmio da história teatral do Brasil. A última obra foi ‘Rainha da Zona’, com direção de Tácito Borralho. Aldo Leite foi também carnavalesco da Escola de Samba Turma do Quinto.