21 de dez de 2011

Esperando Godot

Cacilda Becker em "Esperando Godot" (Foto: veja.abril.com.br/cristiano mascaro)





Beckett
Em 22 de dezembro de 1989 morre Samuel Beckett (nascido em 13/04/1906), nada menos que um dos maiores dramaturgos do teatro moderno, um dos principais nomes do “Teatro do Absurdo”. Ele escreveu sua dramaturgia para rádio, TV e cinema. Sua obra mais famosa é a peça “Esperando Godot”


Nobel
Beckett recebeu o Nobel de Literatura de 1969. Utiliza nas suas obras, traduzidas em mais de trinta línguas, uma riqueza metafórica imensa, privilegiando uma visão pessimista acerca do fenômeno humano. A produção beckettiana foi um dos principais ícones do Teatro do Absurdo que faz uma intensa crítica à modernidade.

Godot
Sua peça “attendant Godot” (traduzida pelo próprio autor para o inglês como Waiting for Godot; em português, Esperando Godot), foi escrita em 1949 e só veio a publicá-la em 1952, em francês. Em 1955, ele mesmo publicou a versão escrita em inglês.



Silêncios
O enredo de “Esperando Godot” baseia-se na falta de comunicação entre os personagens e na pausa do silêncio da espera de algo que não se resolve. A peça é dividida em dois atos. Nos dois atos, contracenam dois personagens: Vladimir (Didi) e Estragon (Gogo). Durante cada um dos atos, que são semelhantes na estrutura, surgem dois novos personagens: Pozzo e Lucky. Além destes, entra em cena no final de cada ato um garoto.


A estréia
A primeira encenação de “Esperando Godot” foi em 23 de janeiro de 1953, no Theatro da Babilônia, em Paris, tendo no elenco Roger Blin, Pierre Latour, Lucien Raimbourg, Jean Martin e Serge Lecointe. Em língua inglesa, a peça estreou em agosto de 1955, no Teatro de Artes (Arts Theatre), em Londres, dirigida por Peter Hall.


Brasil
No Brasil, as duas primeiras montagens de "Esperando Godot" foram amadoras: uma pela Escola de Arte Dramática-EAD (SP:1955), com direção de Alfredo Mesquita e a outra, com direção de Luiz Carlos Maciel (Porto Alegre:1959).

Cacilda
Considerada uma das grandes atrizes do moderno teatro brasileira, Cacilda Becker junto com seu marido Walmor Chagas, aceitou o convite de Flávio Rangel para realizar, ainda em 1969, a primeira montagem profissional do já conhecido texto de Beckett. Ela no papel de Estragon e Walmor no de Vladimir. O espetáculo foi encenado no Teatro Cacilda Becker

AVC
Durante uma apresentação diurna para uma assistência de estudantes, no dia 6 de maio, Cacilda Becker sentiu-se mal e foi imediatamente levada para o hospital, ainda em trajes do espetáculo. Foi diagnosticado derrame cerebral. Após permanecer em coma por 38 dias, ela morreu em 14 de junho de 1969.

Mulheres
Em 1976, Antunes Filho dirigiu a primeira montagem brasileira com um elenco apenas de mulheres: Eva Wilma, Lilian Lemmertz, Lélia Abramo, Maria Yuma e Vera LymUma.

São Luís
Na década de 80, alunos do Curso de Formação de Atores, da Federação de Teatro do Maranhão (FETEMA), montaram “Esperando Godot”, sob a direção de Aldo Leite. Após essa experiência embrionária, o Curso foi incorporado pela Cia. Oficina de Teatro (Coteatro), dirigida por Tácito Borralho, e logo depois transforma-se no atual Centro de Artes Cênicas do Maranhão (CACEM).


Rascunho
Recentemente, "Esperando Godot" foi montado em São Luís, como exercício do Núcleo de Pesquisas Teatrais Rascunho, formado por jovens estudantes do Curso de Licenciatura em Teatro da Ufma. A direção foi assinada por Abimaelson Santos, que também integrava o elenco.

Um comentário:

LEIA, COMENTE, E DIVULGUE!