31 de jan de 2013

Carnaval na TV: Canal Brasil faz programação especial de carnaval

Canal Brasil faz programação especial para celebrar o Carnaval


Da relação de filmes com a temática carnavalesca, serão exibidos, entre outros, "Orfeu" (de Cacá Diegues), "Mangueira Documental", "As Batidas do Samba", "Ó Paí, Ó", "Jamelão - 90 Anos" e "G.R.E.S. - Concentração". Na programação de shows musicais "Samba Book - João Nogueira" e Canibália: Ritmos do Brasil" estão entre as atrações programadas 






Programação especial de Carnaval

Um desfile de obras que revelam a diversidade da maior festa popular brasileira. O Canal Brasil exibe documentários, ficções e shows. Confira a programação completa.

carnaval 2013 (Foto: divulgação)
Separe alegorias e adereços e decore seus sambas favoritos, pois o já tradicional  aquecimento para o Carnaval do Canal Brasil está prestes a entrar na avenida.

Em fevereiro, o assinante assiste de camarote às melhores produções cujo enredo é a maior festa popular do mundo, além de shows que revelam todo o  gingado do povo  brasileiro.

Ao som de pandeiros e tamborins, a folia pede passagem com uma seleção que a retrata em suas múltiplas variedades. Serão diversas obras distribuídas ao longo de 14 dias. Os títulos acompanham desde a beleza das mulatas; passando pelos bastidores e o esplendor dos desfiles; e chegando à história de grandes ícones da MPB.

 


CONFIRA A PROGRAMAÇÃO ESPECIAL DE FILMES COM TEMAS DE CARNAVAL

1º Dia: Com direção de Carolina Jabor e Lula Buarque de Hollanda, O Mistério do Samba (2008) (90’) retrata a história e o cotidiano dos integrantes da Velha Guarda da Portela, escola que detém o maior número de títulos no Carnaval do Rio de Janeiro (21 conquistas). Com Marisa Monte conduzindo grande parte das entrevistas, os componentes relatam episódios mesclando vida particular com a trajetória da agremiação. O longa-metragem conta também com a participação especial de Paulinho da Viola e Zeca Pagodinho.
Em 2008, esteve na seleção oficial do Festival Internacional de Cannes e, no ano seguinte, levou os troféus de melhor documentário e montagem no Grande Prêmio Vivo do Cinema Brasileiro.
Segunda, dia 04/02, às 19h.

2º Dia:
 Baseado na peça Orfeu da Conceição, de Vinícius Moraes, e assinado por Cacá Diegues, o título foi o representante do Brasil na corrida pela indicação ao Oscar na categoria Filme Estrangeiro no ano 2000. O longa, também eleito melhor filme de 1999 no Grande Prêmio Cinema Brasil, conta com um elenco formado por Toni Garrido, Patrícia França, Murilo Benício e Zezé Motta, além de ter a direção musical de Caetano Veloso.
Orfeu (1998) (113’) é uma homenagem ao brilho das agremiações e traz cenas
de todo o esplendor da Marquês de Sapucaí. A obra conta a história de amor do compositor de sambas Orfeu (Toni Garrido), líder da comunidade no Morro da Carioca, e Eurídice (Patrícia França), uma jovem que acabara de chegar à cidade grande em pleno Carnaval. A paixão vivida pelos dois dá margem a ciúmes e violência de pessoas próximas, fazendo com que o casal decida fugir logo após o desfile da Escola de Samba Unidos da Carioca. Uma fatalidade, no entanto, muda seus destinos.
Terça, dia 05/02, às 19h.

3º Dia:
 A preparação da Acadêmicos do Cubango para o desfile do Grupo de Acesso no Carnaval de 2008 é acompanhada por Barracão – Um Olhar Carnavalesco (2009) (87’), de Waldir Xavier. Naquele ano, a escola – que nasceu em Niterói (RJ) em 1959 – homenageava Mercedes Baptista, primeira bailarina negra do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.
O documentário retrata desde a apresentação do enredo à tensão dos momentos da apuração, que deu o título ao Império Serrano. O longa registra ainda o trabalho incessante dos integrantes, a elaboração dos carros e das fantasias, a agitação dos ensaios, a emoção de Mercedes ao ouvir o samba em sua referência e a apoteose dos componentes ao entrar na Sapucaí.
Quarta, dia 06/02, às 19h.

4º Dia: 
A tradicional escola fundada por Cartola ganha as telas com o curta Mangueira Documental – Parte 1 (2000) (26’), de Marco Altberg. A produção apresenta os ilustres personagens da agremiação – como Dona Zica, Cartola, Carlos Cachaça e Ivo Meireles – acompanhando o trabalho da comunidade no barracão, a concentração dos foliões e a expectativa durante a apuração do desfile. Na sequência, o público confere os bastidores da passagem da verde-e-rosa carioca pela Marquês de Sapucaí no Carnaval de 1997 em Mangueira Documental – Parte 2 (2000) (28’), do mesmo diretor.
Quinta, dia 07/02, às 19h.

5º Dia:
 O documentário As Batidas do Samba (2011) (84’), de Bebeto Abrantes, propõe uma reflexão sobre a evolução histórica do ritmo sob o ponto de vista da própria música em si, abordando as transformações sofridas a partir da introdução de novos instrumentos e do uso de diferentes levadas. Destaca, ainda, as mudanças no comportamento dos artistas, relacionando as composições aos papéis sociais de cada época.
A produção explica, por exemplo, a gama de fatores histórico-sociais responsáveis por fazer com que o jongo tocado nos quilombos se transformasse no que conhecemos hoje: uma cadência múltipla, abraçando desde o próprio samba, passando pelo pagode e pela bossa, até o samba-jazz. O longa conta com depoimentos de Wilson das Neves, Monarco, Paulão 7 Cordas e Moacyr Luz.
Segunda, dia 11/02, às 19h.

6º Dia:
 Lázaro Ramos, Dira Paes, Wagner Moura, Stênio Garcia, dentre outros, compõem o elenco de Ó Paí, Ó (2007) (99’), comédia musical dirigida pela cineasta Monique Gardenberg. Baseado na peça homônima do grupo de teatro Olodum, o longa tem faixas interpretadas por Caetano Veloso, Edson Gomes, Davi Moraes e Daúde.
O cotidiano dos moradores de um animado cortiço do Pelourinho no último dia de folia é o ponto de partida para o desenrolar da trama. Roque (Lázaro Ramos) é um artista versátil: pinta, compõe, canta e encanta quem o conhece. Sua vida pode tomar novos rumos, seja com o possível sucesso de sua música no Carnaval, seja com uma jogada feita com o malandro Boca (Wagner Moura), ou ainda com uma nova paixão que atende pelo nome de Rosa (Emanuelle Araújo).
Terça, dia 12/02, às 19h.

7º Dia:
 Mulatas! Um Tufão nos Quadris (2011) (91’), documentário dirigido por Walmor Pamplona, traça o perfil de um dos grandes ícones do carnaval carioca. Além de abordar a beleza e a ginga características, a obra amplia o olhar retratando o lado pessoal e as dificuldades experimentadas por essas beldades que encantam a Marquês de Sapucaí. Tânia Bisteka, da Mangueira; Elaine Ribeiro, da Porto da Pedra; Rose Bombom, da Grande Rio; Nilce Fran, da Portela; Sônia Capeta e Jaqueline, da Beija-Flor; e Ana Pérola, da Mocidade Independente, são algumas das entrevistadas.
As musas mostram suas rotinas, os sonhos, as angústias, as vaidades, a paixão pelo samba, os preparativos para os desfiles, a discriminação sofrida e as profissões exercidas no restante do ano. O filme traz ainda a participação do jornalista Sérgio Cabral, que comenta a importância histórica das mulatas, e de Alberico Campana, gerente do restaurante Plataforma, onde acontece o único show permanente de passistas.
Quarta, dia 13/02, às 19h.

8º Dia:
 Dirigido por Marco Altberg, Jamelão - 90 Anos (2005) (50’) traça um perfil do eterno intérprete dos sambas mangueirenses, com entrevistas de Chico Buarque, Leci Brandão, Elza Soares e Nelson Sargento. A produção conta ainda com depoimentos do próprio compositor, morto em 2008.
Por fim, G.R.E.S. – Concentração (1997) (43’), de Marcelo Maia e Luiz Guimarães de Castro, registra os momentos que antecederam o desfile das Escolas de Samba na passarela do carnaval carioca de 1996. O documentário narrado por Hugo Carvana acompanha, capta e se movimenta exclusivamente em torno da concentração na Marquês de Sapucaí – espaço real e imaginário onde tudo acontece.
Quinta, dia 14/02, às 19h.


PROGRAMAÇÃO ESPECIAL DE CARNAVAL - SHOWS NA FAIXA MUSICAL
Spok Frevo Orquestra – Passo de Anjo ao Vivo (2007) (60’)
Sábado, dia 02/02, às 17h e quinta, dia 07/02, às 14h30.

Lambendo a Cria – Martinho da Vila (2011) (59’)
Domingo, dia 03/02, às 17h e sexta, dia 08/02, às 14h30.

I Feira Carioca do Samba (2007) (72’)
Sábado, dia 09/02, às 17h e quinta, dia 14/02, às 14h30.

Daniela Mercury – Canibália: Ritmos do Brasil (2011) (86’)
Domingo, dia 10/02, às 17h e sexta, dia 15/02, às 14h30.

Banda Seu Chico – Tem Mais Samba (2009) (79’)
Sábado, dia 16/02, às 17h e quinta, dia 21/02, às 14h30.

Samba Book – João Nogueira (2012) (92’)
Domingo, dia 17/02, às 17h e sexta, dia 22/02, às 14h30.



Fonte: http://canalbrasil.globo.com/programas/cinejornal/materias/programacao-especial-de-carnaval-2013.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA, COMENTE, E DIVULGUE!