12 de mar de 2014

Fernando Pessoas

14 de março: Dia Nacional da Poesia.
Entre tantos poemas e heterônimos, é complicado escolher apenas uma frase icônica de Fernando Pessoa. Optamos por esta que você acabou de ler, não só porque ela é uma das mais famosas, mas porque representa bem um dos mais aclamados autores de língua portuguesa. Extraídos do poema “Mar Português”, os versos podem ser interpretados no seu sentido restrito – ou seja, da expansão marítima lusitana – ou no mais abrangente, que você vai ver aqui.
Você já deve ter ouvido falar que o lisboeta poderia ser chamado de Fernando Pessoas. Seus heterônimos mais famosos – e que são cobrados no vestibular – são Alberto Caeiro, Álvaro de Campos, Bernardo Soares e Ricardo Reis. Mas não foram os únicos. No poema “Passagem das Horas”, de Álvaro de Campos, surge uma explicação para essa esquizofrenia literária:
“Multipliquei-me, para me sentir,
Para me sentir, precisei sentir tudo,
Transbordei, não fiz senão extravasar-me,
Despi-me, entreguei-me,
E há em cada canto da minha alma um altar a um deus diferente.”
Curiosidade: apesar de ser um mestre da Língua Portuguesa, Pessoa foi alfabetizado em inglês, na África do Sul. Inclusive, três das quatro obras que ele publicou em vida são anglófonas. Ainda em Durban, Pessoa tentou ingressar na Universidade do Cabo da Boa Esperança, mas não deu muito certo – quem diria! -, a não ser por seu ensaio, que recebeu até uma medalha de tão bom que era. Mas, quando voltou a Lisboa, em 1905, Pessoa matriculou-se no curso de Letras, que abandonou antes do fim do primeiro ano.
Alternando trabalhos de tradução, crítica e edição, Pessoa conseguiu se manter financeiramente e cultivar o hábito de escrever. Foi assim até sua morte, em 1935. Literalmente, aliás. Dizem que ele escreveu na cama do hospital a frase “I know not what tomorrow will bring” (Não sei o que o amanhã trará).
Assim como os navegadores portugueses, Pessoa acreditava que se arriscar é viver. Por isso, mesmo que as coisas deem errado, elas valem a pena. E isso você pode aplicar a quase tudo na sua vida, né?
Fonte: http://super.abril.com.br/blogs/superblog/frase-da-semana-tudo-vale-a-pena-se-a-alma-nao-e-pequena-fernando-pessoa/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA, COMENTE, E DIVULGUE!